opinião

A Distópica Direita Marxista

O salário mínimo é (…) uma rede de segurança, para evitar a queda das condições de vida de alguém que trabalha para um nível inaceitável. Não é possível assegurar a coesão social se tivermos uma parte considerável da população no limiar desse nível do aceitável.
Sabemos, no entanto, que não é essa a prática comum e na verdade, o salário mínimo tornou-se num valor perverso, demasiadas vezes o ponto de partida para uma negociação de emprego, ainda que qualificado.

conferência

A Direita e o Estado Social

Paulo Otero convida…
Congresso TEM Pensar Portugal 2018, Lisboa, 20 de Outubro

«A tradição judaico-cristã aponta para esse modelo de Estado social. Isto não é uma prerrogativa da esquerda. A defesa dos trabalhadores, a defesa do trabalho, a dignificação das condições laborais é também um património [da direita], um património proveniente da doutrina social da Igreja»

TEM/CDS

CDS. Nova corrente quer discutir política e “acrescentar valor”

“Somos essencialmente construção e queremos contribuir para a solução. Não estamos contra ninguém e muito menos contra a presidente do partido. Queremos é que o que aquilo trazemos para dentro do CDS seja uma mais valia para Assunção Cristas, que seja um referencial em que ela se possa apoiar. O que vamos fazer é acrescentar valor, defendendo de forma inalienável os princípios e valores em que acreditamos”