entrevista

A TEM procura trazer de volta ao CDS os valores da democracia-cristã

Decido filiar-me no CDS pela sua corrente democrata-cristã, pelo seu pensamento e porque tinha sido o único partido que no Parlamento tinha votado a favor da Vida.

A Tendência [Esperança em Movimento] visa assegurar a manutenção dos valores da democracia-cristã, valores esses que são fundacionais do partido e que ultimamente há algumas dúvidas que estão a ser respeitados pelas estruturas.
Temos tido algumas situações polémicas que levam de facto a suspeitar que esses valores não estão a ser respeitados.

entrevista

Há um ‘Tea Party’ no CDS e Cristas não fala dele

Quem nos acusa de falta de representatividade, então está a acusar o CDS de falta de representatividade no país. Nós valemos 10% no congresso e a alternativa à atual liderança vale 30% no congresso. Não é para ignorar, não é falta de representatividade, é o que é. Uma líder inteligente e que agrega tem de ter em conta estas diferentes sensibilidades e tem de tentar conciliar, ouvir, escutar.