Conferência junta Assunção Cristas e Manuel Monteiro

por Sofia Rodrigues/Público

Iniciativa é promovida pela Tendência Esperança em Movimento, corrente interna do CDS.

Corrupção, economia e Portugal no mundo são alguns dos temas que estarão em debate no congresso promovido pela Tendência Esperança em Movimento (TEM), corrente interna do CDS. A iniciativa, marcada para Outubro, vai juntar o ex-líder do CDS Manuel Monteiro e a actual presidente, Assunção Cristas.

Sob o lema Pensar Portugal, o congresso pretende reflectir sobre temas como a corrupção e a justiça, área que terá como orador Nuno Garoupa, professor universitário de Direito. Para falar sobre A direita e o Estado social foi convidado Paulo Otero, professor catedrático de Direito da Universidade de Lisboa.

Manuel Monteiro falará sobre Portugal no mundo, o último ponto do congresso antes do encerramento, que estará a cargo da líder do CDS, cuja presença já foi confirmada pela organização. O encontro acontece numa altura em que já é assumida a vontade de Monteiro de regressar ao CDS, de onde saiu em 2003 em ruptura com Paulo Portas. Abel Matos Santos, porta-voz da TEM, considera que já há condições para que o ex-líder volte ao partido. “É pacífico no partido. Já toda a gente percebeu que ele vai voltar. É bom para o partido ser aberto e integrador. É uma questão de tempo”, afirmou, considerando ser “natural” Monteiro e Cristas surgirem juntos.

O congresso desafiou ainda o líder da Juventude Popular, Francisco Rodrigues dos Santos, a falar sobre a Juventude, Família, Demografia e Segurança Social, e convidou José Brandão Ferreira, para intervir sobre Forças Amadas, bem como economista José Ferreira do Amaral que falará sobre o euro.

Com entrada livre, o congresso está marcado para 20 de Outubro, em Lisboa, ainda em local por divulgar.