TEM/CDS

Junte-se a nós!

Completámos quatro anos de existência, como a única corrente de opinião formalizada do CDS-PP.

Precisamos reforçar a representatividade dos democrata-cristãos no CDS-PP e na sociedade portuguesa e para tal precisamos do seu apoio.

congresso

CDS-PP: Comissão Política de Nuno Melo eleita com 75% dos votos

Dos subscritores das moções apresentadas ao congresso que foram retiradas ou saíram derrotadas, integram ainda a lista B ao Conselho Nacional, órgão máximo entre congressos, Miguel Mattos Chaves e Bruno Filipe Costa, José Seabra Duque, Fernando Camelo Almeida (líder da distrital de Aveiro e primeiro subscritor da moção apoiada por 11 presidentes distritais afetos à direção cessante) ou Mário Cunha Reis (porta-voz da Tendência Esperança em Movimento).

congresso

Discurso de Joana Bento Rodrigues

Se eu disser que o partido não precisa de todos, virão os pacifistas e paladinos do “paz e amor” dizer:
“Não… O partido precisa de todos, todos somos poucos…”.

Pois eu digo: nem todos fazem falta!

Não precisamos de socialistas, nem de traficantes políticos, nem de dependentes da política. Porque não fazem falta aqueles que estão para se representar a si e não aos Princípios Fundacionais do CDS.

congresso

Discurso de Mário Cunha Reis

O CDS-PP precisa de uma presidência capaz de restaurar a credibilidade da instituição, honrando os compromissos financeiros assumidos e as responsabilidades para com aqueles que o serviram, respeitando o legado patrimonial tangível e intangível, tomando decisões de gestão com transparência e lisura de processos e acautelando os reais interesses do partido, sem deixar de ter presentes os seus valores e princípios fundacionais, que sempre devem orientar a conduta de todos os militantes e, por maioria de razão, os seus dirigentes.

opinião

CDS-PP: Uma Presidência interina

Mais do que uma liderança “carismática” ou uma “cara conhecida”, o CDS-PP precisa, para os próximos dois anos, de uma equipa constituída por pessoas com disponibilidade, competências de gestão reconhecidas, independência financeira e inquestionável idoneidade, para levar a cabo esta missão que é muito mais de natureza “empresarial” do que política.

congresso

“Recomeçar pelas Bases”
Moção de Estratégia Global

As propostas que serão apresentadas neste documento, têm presente as difíceis circunstâncias políticas, financeiras e organizativas actuais do CDS-PP, pelo que importa, com realismo, sentido crítico e espírito construtivo, realizar alterações importantes no modo de funcionamento do Partido e das suas estruturas.

O momento presente é um momento de recomeço, que nos convoca a todos, dirigentes e militantes, começando pelas bases.